Descubra a Estimulação Magnética Transcraniana:

Um tratamento eficaz para a depressão resistente.

Saiba como esse tratamento pode trazer alívio para seus sintomas depressivos.

A Estimulação Magnética Transcraniana (EMT) vem emergindo como uma ferramenta promissora no tratamento de diversas condições psiquiátricas, sobretudo nos casos de depressão resistente às terapias convencionais.

Reconhecendo que cada jornada dos pacientes com depressão é única, nós estamos aqui para fornecer informações relevantes e acessíveis sobre como a EMT pode ser integrada ao seu plano de tratamento.

Este método não invasivo pode ajudar a aliviar alguns sintomas depressivos e melhorar a qualidade de vida, permitindo uma abordagem personalizada que se adapta às suas necessidades específicas.

Explore mais sobre como a EMT pode ser o tratamento certo para você, no momento certo, acessando nossos links úteis e descobrindo mais sobre esta terapia inovadora.

Apresentando o EMT

Por dentro da Estimulação Magnética Transcraniana

Você sabia que existem tratamentos não farmacológicos para depressão?

Aqui na Cine, empregamos as técnicas mais avançadas e eficazes no tratamento de transtornos depressivos resistentes ao tratamento.

A depressão é considerada resistente ao tratamento quando não há melhora dos sintomas depressivos após o uso de 2 tipos de antidepressivos em dose e tempo adequados. Cerca de 30% dos pacientes não respondem aos tratamentos convencionais (antidepressivos e psicoterapia).

Nesses casos, uma das opções de tratamento é a estimulação magnética transcraniana (EMT).

A estimulação magnética transcraniana (EMT) vem sendo utilizada em contextos clínicos e de pesquisas há mais de 30 anos e, desde 2008, a agência norte-americana FDA autorizou seu uso para o tratamento de depressão resistente ao tratamento. No Brasil, seu uso foi aprovado para o tratamento de depressão resistente ao tratamento em 2012.

O que é uma estimulação magnética transcraniana - E.M.T.?

É um método não invasivo que utiliza pulsos magnéticos para modular os circuitos cerebrais, ou seja, a maneira pela qual os neurônios se comunicam. O método é realizado no consultório e não necessita de sedação.

Pesquisas recentes demonstram que nos quadros depressivos refratários há uma persistência de determinados circuitos cerebrais que levam à cronicidade dos sintomas. Os pulsos magnéticos gerados pela EMT induzem pequenas correntes elétricas nos neurônios alterando os padrões de comunicação entre eles e modificando os circuitos cerebrais.

O objetivo da EMT é sincronizar os neurônios levando-os a disparar de maneira mais saudável. Estudos demonstram que quando a EMT é realizada de maneira repetitiva os neurônios tendem a permanecer nesses circuitos cerebrais. Dessa maneira, a EMT estimula áreas específicas do cérebro, alterando os padrões cerebrais e interrompendo o ciclo depressivo.

Se você já passou por diversos tratamentos psiquiátricos sem sucesso e os sintomas depressivos persistem e causam prejuízos em sua vida agende uma consulta na Cine e descubra como a EMT pode ajudar a superar a depressão resistente ao tratamento. Recupere sua qualidade de vida e encontre uma nova perspectiva.

Estimulação magnética transcraniana

Benefícios e Indicações

A jornada da depressão não é a mesma para nenhuma pessoa. É por isso que estamos aqui para te ajudar

Responda a algumas breves perguntas e entenda o seu momento.

Descubra o próximo passo na sua jornada com Depressão

Perguntas e Respostas

Materiais informativos

Entre em Contato